Peeling Químico

Peelings químicos consistem na aplicação de agentes que destroem as camadas superficiais da pele, seguindo-se, então, da sua regeneração, com uma aparência geral melhorada. É uma forma de esfoliar e acelerar a renovação da pele. Pode ser superficial, médio e profundo.

Peeling Químico: O que é e Pra que Serve?

Peeling Químico: Os Peelings Químicos consistem na aplicação de agentes que destroem as camadas superficiais da pele, seguindo-se, então, da sua regeneração, com uma aparência geral melhorada. É uma forma de esfoliar e acelerar a renovação da pele. Pode ser superficial, médio e profundo.

Os peelings superficiais precisam ser feitos em séries, e sua descamação costuma ser fina. Cada paciente deve ser avaliado pelo dermatologista que indicará o melhor tratamento.

Conheça alguns dos tipos de Peeling Químico que nossa Clínica trabalha:

Ácido Retinóico

Utiliza-se em concentrações que variam de 5 a 12%. indicado nos casos de fotoenvelhecimento leve a moderado, melasma, acne, cicatrizes superficiais e hiperpigmentação pós-inflamatória.

Não é recomendado para gestantes. Para a aplicação. As aplicações podem ser seriadas ou semanais.

As complicações com esse procedimento são raras, sendo citadas erupção acneiforme, telangiectasias e queratite superficial.

Ácido Glicólico

Trata-se de alfa-hidroxiácido (2-hidroxietanoico), encontrado na cana-de-açúcar ou sintetizado a partir do formaldeído.  É indicado para acne ativa, melasma e dermato-heliose leve.

Peelings seriados de ácido glicólico, com intervalos quinzenais, permitem excelentes resultados. Infecções e cicatrizes, quando o procedimento é bem conduzido, são raras.

Ácido Fítico

O ácido fítico é um alfa-hidroxiácido que apresenta eficiência com baixo pH e que dispensa neutralização. A solução é aplicada na face e mantida até o dia seguinte. Pode ser repetido semanalmente ou até duas vezes por semana se for necessário efeito mais rápido, até o total de cinco ou seis sessões. É agente muito seguro e efetivo para tratamento de melasma em pele escura.

Ácido Pirúvico

É realizado com concentrações de 50%, 60% e 80% do ácido diluído em etanol. É indicado para tratamento de envelhecimento extrínseco, acne e cicatrizes superficiais devido a suas propriedades queratolíticas, antimicrobianas e antiseborreicas, bem como sua habilidade para estimular a formação de novas fibras colágenas e elásticas.

Ácido Salicílico

Trata-se de um beta-hidroxiácido, formulado a 20 ou 30% em solução alcoólica e a 40 ou 50% sob forma de pasta para aplicação em membros superiores. É indicado para fotoenvelhecimento leve a moderado, melasma e cicatrizes superficiais de acne, sendo excelente agente para tratar quaisquer transtornos da pele escura. É contraindicado para pacientes alérgicos ao ácido salicílico.

Ácido Tioglicólico

Também chamado ácido mercapto acético, é composto que inclui enxofre.  Sua afinidade com o ferro é semelhante à da apoferritina, tendo a capacidade de quelar o ferro da hemossiderina, por apresentar o grupo tiólico.

Trata-se de ácido orgânico. Como agente para peelings químicos pode ser usado na abordagem da hipercromia constitucional periocular (olheiras escuras) e em depósitos de hemossiderina como a dermatite ocre das pernas, mostrando-se excelente adjuvante terapêutico para a abordagem dessas dermatoses.

Os peelings seriados e progressivos de ácido tioglicólico apresentam-se como ferramenta terapêutica segura, eficiente no tratamento da hipercromia periorbicular.

Decorridos dois ou três dias, espera-se que a pele se apresente eritematosa, algumas vezes com crostas finas e acastanhadas, e discreto edema palpebral. Esse processo pode levar até sete dias e está diretamente relacionado ao tempo de exposição da pele ao produto. Indicam-se dez sessões com intervalo quinzenal. 

Ácido Tranexâmico

Tem sido utilizado com eficácia para reduzir hiperpigmentação em pacientes com melasma .

Peeling de Jessner

A solução desenvolvida por Max Jessner é composta por ácido salicílico 14%, ácido lático 14% e resorcina 14% em álcool 95o.

O ácido salicílico é fotossensível, e o ácido láctico absorve a água existente no ar, portanto a solução é sensivel à luz e ao ar.

É peeling indicado para acne comedoniana, hiperpigmentação pós-inflamatória, melasma e fotoenvelhecimento leve.

Seu mecanismo de ação baseia-se na propriedade queratolítica do ácido salicílico e da resorcina e na ação de epidermólise do ácido lático. A penetração depende do número de camadas, podendo-se chegar a peelings médios. Provoca ardência e pode ou não ser retirado com água.

Pode ser feito na face e no corpo (pescoço, dorso), porém para evitar risco de salicismo, deve ser feito em uma área a cada sessão.

Ácido Tricloroacético (ATA)

Essa substância permite a realização depeelings superficiais, médios e profundos.

  • – ATA 10% – peeling superficial.
  • – ATA 10 a 30% – peeling médio.
  • – ATA 35 a 50% – peeling profundo.

O ATA precipita as proteínas da epiderme causando necrose por coagulação. É peeling muito versátil com excelente ação no rejuvenescimento e melhora de cicatrizes, tratamento de queratoses actínicas e melasma. Não provoca toxicidade sistêmica. 

Peeling de Fenol Pontuado

Trata-se de nova técnica, que visa diminuir os possíveis efeitos colaterais e o tempo de recuperação. Excelente para tratar as Rugas!

Pode ser feito com intervalos mensais em até dez sessões. Os achados clínicos resultantes são semelhantes aos de outros peelings, ou seja, observa-se diminuição das rugas estáticas da face nas regiões perioculares e peribucais, melhora da textura geral da pele e do
contorno labial. 

Os peelings são contraindicados em casos de gravidez, lactação, lesões herpéticas ativas, infecção bacteriana ou fúngica, dermatite facial, uso de medicamentos fotossensibilizantes, alergias aos componentes do peeling e expectativas irrealistas. 

2 Comments

  1. Maria Freitas disse:

    O melasma volta depois de um tempo?
    Ou some de vez..

  2. Pode voltar sim, pois o objetivo do peeling é clarear e após clarear você deve manter os cuidados para não voltar. O melasma não tem cura, mas tem tratamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em que posso ajudar?
Fit Body Estética agradece seu contato. Em que posso te ajudar? Qual seu nome e sobrenome para adicionar e te passar as informações?